So how can anybody say, They know how I feel

canelas.JPG

 Raramente dou importância a questões relacionadas com a Igreja. Respeito a fé das pessoas, respeito o “lado bom” da Igreja, a sua intervenção social, o conforto espiritual que dão a algumas pessoas, o apoio aos excluídos e bem sei que por vezes se não fosse a intervenção da Igreja em Portugal (qualquer que ela seja…não estou a limitar-me à corrente católica dominante) muitas vidas seriam piores. Por outro lado também reconheço que nem tudo é perfeito, que têm alguns podres e que no fundo é constituída por seres humanos como todas as outras organizações.

 

O que perturba nestas noticias de Canelas é todo o folclore que se instala ao redor de uma substituição de um pároco em pelo Portugal do Século XXI e a extrapolação que faço de todo este caso e que em muito representa o país real que muitos de nós por estarmos limitados a grandes polos urbanos por vezes ignoramos.

 

Canelas dista menos de 20kms do Porto. Porventura uns 15 minutos em carro próprio demora uma viagem entre esta paróquia com requintes medievais e uma cidade vibrante e moderna cheia de turistas e de culturas de toda a europa.

 

Em Canelas, os párocos (ou eleitores) não satisfeitos com a substituição do pároco local pela hierarquia da Igreja decidiu fazer ouvir a sua voz de desacordo (que até pode ser legitima) mas não apenas contentes com isso decidiram enxovalhar o novo pároco, que coitado, tem a “infelicidade” de visualmente estar mais próximo com a imagem de Jesus Cristo (um pouco mais gordinho vá…) do que com a imagem que os fieis eleitores / párocos de Canelas pretendem para um sacerdote. E como tal partiram para um auto-de-fé verbal relativamente ao aspecto físico do Padre, numa atitude altamente cristã de reconciliação e amor ao próximo.


interrogo-me em que livro da Biblia, do Novo ou do Antigo Testamento estarão as considerações relativamente ao aspecto de um sacerdote, feito à imagem do Senhor…mas com apenas mais barriguinha.

 

Tudo isto não passaria de um fait-divers se não me fizessem pensar em três coisas que me perturbam. Primeiro a ignorância de um povo e a constante tendência dos poderes vigentes em manterem essa ignorância. Um povo mal informado, um povo mantido nas trevas, um povo ignorante é sempre mais fácil de manipular que um povo educado, culto, preocupado e interessado. Canelas espelha isso. Canelas espelha também o tão português hábito da imagem. É grave o pároco ter cabelo comprido e barba. Não interessa se é bom no desempenho das suas funções eclesiásticas. Importa é o culto da imagem nem que seja um showing off de bons falantes e maus executantes… Temos visto tantos nos nossos telejornais.

 

E finalmente… não imaginam o arrepio na espinha que sinto ao ver uma turba a gritar “Roberto !!! Roberto !!!”…

publicado por Ricardo às 11:56 | link do post
mais sobre mim
Playlist
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
20
22
23
24
25
26
28
29
30
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
comentários recentes
Em primeiro lugar muito obrigado por ter perdido o...
Muitas palavras pouco conteúdo.A mesma admiração q...
Muito bom o post amei vou sempre visitar seu websi...
Concordo plenamente, esse Daniel Oliveira pode ter...
Ola, mantenho um blog chamado "Tralhas Varias" ded...
Ah I see what you mean. Hei-de ver :)
Este filme tem tudo para funcionar...a ver vamos. ...
Hum...pelo menos a maior parte talvez seja mesmo! ...
tão verdade!gostei :)
Fiquei aguçado...
SAPO Blogs