So how can anybody say, They know how I feel

Não me recordo de um filme dirigido pelo Polanski que não goste. Também é verdade que ainda não vi uma obra do mesmo realizador que suplantasse “O Pianista”, no entanto, o selo de qualidade existe (mesmo tendo finais como “A Nona Porta” ou uma história já requentada como o “Oliver Twist”).

 

Este “O Deus da Carnificina” transmitiu-me uma mais valia: a capacidade de conseguir imaginar todo aquele filme num palco em Portugal e com actores já escolhidos (sim, o Miguel Guilherme seria o meu Alan Cowan), ou seja, o filme é tão simples, tão “vulgar” (no bom sentido) que qualquer um é capaz de perceber a mensagem (pelo menos assim espero). O “O Deus da Carnificina” é um filme que volta ao básico. Esqueçam os efeitos especiais, esqueçam o 3D, esqueçam teorias de conspiração e apocalipses. Esqueçam tudo isso. E tamos 2 casais. Normais. Com filhos. Os filhos “pegaram-se” num arrufo de parque infantil. Os pais tentam resolver a questão amigavelmente. Entre eles claro. E o que temos são menos de 90 minutos de uma discussão em tempo real. Parece simples. É simples. Mas este filme estaria condenado se os actores não estivessem tão brilhantes.

 

Christoph Waltz está perto do nível de “Inglourious Basterds”, Kate Winslet e a Jodie Foster estão muito bem e a grande surpresa (pelo menos para mim que estou acostumado ao actor noutro registo) foi John C. Reilly. Sentem-se bem na cadeira e acompanhem tudo durante menos de hora e meia de filme. Viagem por todas as reacções das personagem e analisem-se. E vejam o final. Previsível e cristalino.

 

Bom filme.

 

Classificação: 4 Estrelas Zuropa

publicado por Ricardo às 13:29 | link do post
tags:
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
comentários recentes
Em primeiro lugar muito obrigado por ter perdido o...
Muitas palavras pouco conteúdo.A mesma admiração q...
Muito bom o post amei vou sempre visitar seu websi...
Concordo plenamente, esse Daniel Oliveira pode ter...
Ola, mantenho um blog chamado "Tralhas Varias" ded...
Ah I see what you mean. Hei-de ver :)
Este filme tem tudo para funcionar...a ver vamos. ...
Hum...pelo menos a maior parte talvez seja mesmo! ...
tão verdade!gostei :)
Fiquei aguçado...
SAPO Blogs